Escola Biblica

COMPARTILHANDO CONHECIMENTO


250
Data: 2015-10-03
Titulo: Achados e perdidos.
Autor: disseminando
Mensagem:

Certamente todos nós já perdemos e achamos pequenos objetos, e não há dúvidas que nos alegramos mais quando acham do que quando perdemos. O próprio Jesus falou em uma parábola que certa mulher havia perdido um dracma (moeda) e depois se alegrou por ter encontrado: “E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido. Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende”. Lc. 15:9-10. Jesus usava histórias ou parábolas de cousas comuns e conhecidas por seus ouvintes com o objetivo de aplicar o ensino às cousas espirituais. Nesta Parábola citada Jesus quis ensinar que não há nada mais precioso do que “achar” o caminho da salvação e a alegria que há no céu por um pecador “achado” e arrependido de seus pecados. Há festa no céu por um pecador que é encontrado por Jesus. A alegria da salvação se traduz em gestos, atos, compromisso e dedicação etc. Ninguém deve guardar em silêncio o “achado” da salvação, visto que este achado tem projeções para a eternidade onde a alma estará para sempre ao lado de Deus, ao contrário daqueles que passam por esta vida e não “acham” este caminho e terão de sofrer para sempre no castigo eterno.

Assim, a Igreja é o lugar daqueles que acreditam ter achado este bem mais precioso na terra: A salvação.  Portanto, devemos viver de modo diferente de todos os demais que ainda não encontraram este caminho, devemos viver de modo coerente com os ensinos de Jesus fazendo jus à nossa confissão de fé. São os nossos atos que confirmarão a nossa fé. Devemos viver em santidade.

E, se o nosso achado for de fato verdadeiro então convidaremos os nossos vizinhos para se alegrar conosco, isto é: Testemunharemos do grande feito de Jesus em prol de nossa alma. A alegria da salvação tem que ser contagiante, uma alegria semelhante ao do endemoniado geraseno que,  após ser liberto por Jesus se prontificou a acompanha-lo, mas Jesus lhe disse: “Vai para a tua casa, para os teus, anuncia-lhes tudo o que o Senhor te fez e como teve compaixão de Ti”. O que você tem de precioso para falar aos seus familiares? O que Deus fez em sua vida? Vale a pena contar? Despertará os seus amigos a conhecer este Jesus?

Que Deus nos ajude a demonstrar esta alegria que há dentro de nós por sermos achado por Jesus !





Disseminando | Sua fé sem fronteiras.