Escola Biblica

COMPARTILHANDO CONHECIMENTO


250
Data: 2016-11-26
Titulo: O que farei de Jesus ?
Autor: disseminando
Mensagem:

Jesus estava diante de Pilatos e do povo. Pilatos não havia encontrado em Jesus motivo para crucifica-lo, todavia, pressionado pelo povo, como “bom político”, querendo a simpatia dos seus súditos, fez a seguinte pergunta: “que farei então de Jesus, chamado Cristo ?” (Mt 27:22). A resposta a esta indagação, o povo em uníssimo brado, clamaram: “seja crucificado !” (Mt 27:22). Porém Pilatos, não querendo sua crucificação, ainda havia proposto uma alternativa para frustrar o desejo da multidão, apresentando Barrabás, que era homicida, para ser crucificado no lugar de Jesus. Porém, a multidão clamava mais forte pela crucificação de Jesus.

O que farei de Jesus? Esta pergunta ultrapassa as barreiras do tempo e ecoa em nosso coração. Muitos cristãos crucificam Jesus no seu dia-a-dia, não permitindo que Ele viva de maneira plena, ensinando, corrigindo a nossa maneira de ser.

O que você faz de Jesus? Mesmo não professando em palavras: “crucifica-o !” Em nossos atos, não O crucificamos quando não Lhe obedecemos ? O mesmo não acontece quando desprezamos tudo aquilo que está relacionado à nossa santidade ? Não O crucificamos, quando nos calamos diante de uma pessoa que precisa ouvir a mensagem do evangelho?

O que você faz de Jesus ? Como verdadeiro filho de Deus, não é Ele o promotor da paz tão desejada no lar ?  Não é Ele o mestre por excelência que nos concede a sabedoria devida para transmitir aos nossos filhos o verdadeiro caminho da paz ? Não é Ele o que muitos lares desejariam Tê-lo para que a harmonia reine ? Não é Ele a razão motivadora de todo o nosso envolvimento em trabalhos concernentes ao seu reino ?

Embora Barrabás tenha ganhado a liberdade em detrimento a Jesus, sua morte proporcionou a vida a todos aqueles que se assemelham à Barrabas: homicidas, estelionatários, meretrizes, corruptos e todo tipo de maldades existentes na raça humana. Assim sendo, temos muito que fazer de Jesus: proclamá-lo como único salvador, dizer que Ele vive, que Ele perdoa, que Ele salva; que Ele cura, inclusive as feridas mais profundas da alma;

Responda por si mesmo: O que farás de Jesus em sua vida ?





Disseminando | Sua fé sem fronteiras.